reblog
"Por favor fica, e se não der pra ficar, me leva."
Oito de Outubro.
reblog
"E ninguém é eu.
E ninguém é você.
Esta é a solidão."
Clarice Lispector.
reblog
"Como a gente muda, meu Deus. Como os sonhos mudam. Alguns foram embora, me deixaram. Outros cresceram juntinho comigo. Alguns sonhos, impacientes, fizeram as malas e se foram sem ao menos deixar uma foto como lembrança. E eu fico aqui, um pouco saudosa, tentando lembrar o que um dia eu quis."
Clarissa Corrêa.
reblog
"Eu começava a ficar deprimido. Minha vida não estava indo para lugar algum. Precisava de alguma coisa, o brilho das luzes, glamour, alguma porra. E ali estava eu, conversando com os mortos."
Charles Bukowski.
reblog
"Um dia você irá acordar, e irá se sentir incompleto. Você irá se levantar, e irá sentir que está sozinho. Você irá se vestir e vai sentir o cheiro daquele perfume. Então você irá se sentir abandonado, carente, um idiota. Irá chorar lágrimas de sangue, sem ter ninguém para limpá-las. Você irá viajar meio mundo á procura de algo para te completar, ou então para fazer com que você não se sinta sozinho. Você entenderá o que está acontecendo. Você correrá, deixará tudo para trás, e baterá na minha porta. E eu irei ter o prazer de lhe lembrar, que você me deixaria e que diria que não precisaria de mim para sobreviver, e se esqueceria de mim, mas eu o lembrarei, que um dia você voltaria e que me imploraria para voltar para você, e eu te diria: Admita, agora eu sou o seu oxigênio, você nunca mais irá conseguir viver sem mim. Mas desculpe-me, eu não me lembro mais de você."
Pedro Bial.
reblog
"Se você pudesse escolher a quem amar, você se amaria?"
Renascendo
reblog
"Sabe aquela aula que você não gosta, aquela música que você parou de ouvir, o filme que cansou de assistir, e aquele livro que você mal começou a ler e deixou de lado por que não o achava interessante? Era eu."
Rennan Alves.
reblog
"Então ela chorou igual uma nuvem de tempestade."
Capitão Saudade
reblog
"Acho que as vezes temos que chegar a nossa pior versão para melhorar."
Abraão Moura.
reblog
"Eu gosto de olhos que sorriem, de gestos que se desculpam, de toques que sabem conversar e de silêncios que se declaram."
Machado de Assis.